(Foto: Virgínia Cançado/Divulgação)

Iniciativa promove melhoria de raciocínio e concentração, segundo professora.

Uma escola pública de Bom Despacho aderiu ao projeto “Mentes Brilhantes”, que estimula o aprendizado por meio do xadrez. Desde que começou, há cerca de um mês, professores já perceberam benefícios e a açãom que envolvia apenas uma turma do ensino fundamental, será ampliada para todas as turmas.

De acordo com a professora Virgínia Cançado, a primeira fase do projeto ocorreu quando docentes participaram de um curso de capacitação. Em seguida, foram oferecidas oficinas com cinco horas de duração para os alunos de oito a 18 anos, regularmente matriculados e indicados pela equipe pedagógica.

“A partir de então demos continuidade ao projeto, separando 50 minutos da aula para que os alunos possam se envolver com o xadrez. Tem sido uma experiência muito rica no sentido de proporcionar aos alunos a melhoria da concentração e o respeito ao adversário”, destacou.

Para ampliar a ação, Virgínia irá realizar oficinas com os alunos que já sabem jogar xadrez para que possam ensinar outras turmas da escola. A diretora da escola, Maria José, e a vice-diretora, Suzana Cristina, também participaram do treinamento e agora auxiliam os alunos na multiplicação do projeto. A ideia é que os 240 alunos da escola participem.

“Vamos auxiliar os alunos do terceiro ano e fazer com eles sejam multiplicadores dessa iniciativa. Percebemos que houve um interesse muito grande por parte dos alunos. O jogo tem garantido um nível de concentração mais elevado na sala de aula e no convívio com os colegas, além de estimular o raciocínio, pois é um jogo de estratégias”, explicou.

A aluna Emanuele Vidal Santos, do 3º ano, tem apenas oito anos e, desde que começou a jogar o xadre, já consegue avaliar benefícios que são percebidos na própria sala de aula. “Eu estou achando muito bom. Não conhecia o xadrez e agora ele está me ajudando a concentrar na matemática”, contou.

Mentes Brilhantes

Desenvolvida por meio da Lei Minas Esportiva, a ação é uma iniciativa de uma empresa multinacional, que visa fortalecer e disseminar a prática do xadrez nas escolas municipais de Minas Gerais e contribuir para a melhoria do processo de ensino e aprendizado.

Além de Bom Despacho, integram o projeto os municípios de Martinho Campos, Dores do Indaiá e Quartel Geral.

(Portal G1, 16/07/2017)