Niterói será a primeira cidade do Brasil a ter uma escola pública bilíngue. O anúncio foi feito na manhã de segunda-feira (16/9) pelo prefeito e o secretário estadual de Educação, Wilson Risolia.

A escola escolhida para receber o projeto é o Ciep Brizolão 449 Governador Leonel de Moura Brizola, em Charitas, na zona sul da cidade, que passará a ter também o ensino em língua francesa a partir de 2014.

Para o prefeito da cidade, essa iniciativa é um grande orgulho para a cidade. “Esse projeto é motivo de grande orgulho. Niterói tem um relacionamento com a França por diversas iniciativas, circunstâncias históricas. De fato, é uma cidade que pode, a partir do êxito deste projeto, replicar esse tipo de parceria para outros municípios do Brasil. É um projeto inovador, que vai garantir a democratização do acesso das classes populares ao estudo de outra língua importante como o francês. É uma grande conquista para a nossa cidade”, disse o chefe do Executivo.

Wilson Risolia destacou o relacionamento estreito que possui com a Prefeitura de Niterói. “Quanto mais próximos estivermos e mais projetos combinados, melhor para os nossos jovens. É um orgulho imenso dizer que, no dia 10 de fevereiro, vamos começar as aulas na primeira escola pública bilíngue do Brasil”, disse o secretário.

Participaram também da reunião a reitora da Academia de Créteil, Florence Robine, e a adida de cooperação linguística do Consulado da França no Rio de Janeiro, Anne Ricordel. As duas instituições são parceiras no projeto.

Escola no Engenho do Mato

O prefeito anunciou também um acordo com a Secretaria Estadual de Educação para a cessão para o município da antiga área onde funcionava a escola estadual Fagundes Varela, no Engenho do Mato, na Região Oceânica.

Segundo o prefeito, no local, a Prefeitura vai construir a escola municipal Fagundes Varela, com recursos do próprio município.
“É uma grande conquista e está sintonizada com as expectativas da população, que há dois anos vinha fazendo esse tipo de reivindicação. Como temos uma Prefeitura que escuta e dialoga com a sociedade, acolhemos essa reivindicação e encaminhamos ao Estado”, explicou.

O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Waldeck Carneiro, afirmou que a previsão que a nova escola Fagundes Varela passe a funcionar em 2015. Ela vai atender, segundo Waldeck, o primeiro segmento do ensino fundamental.

(Prefeitura de Niterói, 14/06/2017)