Foto: Salmo Duarte | O orgulho de Joinville pelos conterrâneos que entram no maior palco do Festival de Dança, o da Mostra Competitiva, para competir com grupos do país inteiro, pode ser entendido pela vibração da plateia quando as luzes do Centreventos Cau Hansen se acendem e revelam os adolescentes do Programa Dançando na Escola – Escola Municipal Governador Pedro Ivo Campos. As palmas confundem-se com as batidas ritmadas no chão e os gritos de ovação à medida que os bailarinos executam os passos de danças populares.

Essa sensação já existe há 11 anos, desde que a Escola Pedro Ivo Campos começou a participar do Festival de Dança. O que era para ser apenas uma proposta de contraturno com atividades de artes, em um projeto que nasceu nas escolas municipais de Joinville na década passada, ganhou outras proporções nas mãos da coreógrafa Elisiane Wiggers. Várias escolas da cidade criaram grupos de dança dentro do programa e algumas até chegaram a dançar no Festival de Joinville e em outras competições. Mas nenhuma chegou aonde estes alunos do bairro Costa e Silva chegaram.

Elisiane assumiu as aulas de dança na Escola Pedro Ivo Campos em 2005 e, em 2008, já na primeira inscrição, levou o grupo para a Mostra Competitiva do Festival de Joinville com a coreografia “Maracatu”. Mesmo estreantes, levaram o primeiro lugar na categoria júnior de danças populares. No ano seguinte, o primeiro lugar veio com um Auto de Natal típico do Alagoas e de Pernambuco e, em 2010, novamente com “Guerreiro”.

Desde então, a Pedro Ivo Campos nunca “desceu” do pódio do Festival. Em 12 anos, foram seis premiações em primeiro lugar, quatro em segundo lugar e uma em terceiro lugar. Em 2012, a escola e a coreógrafa foram indicados aos prêmio de revelação do evento.

Em 2019, não foi diferente. A coreografia “Parintins, É Festa de Boi Bumbá” aconteceu na primeira noite da Mostra Competitiva, em meio aos já tradicionais aplausos emocionados dos joinvilenses e da plateia de fora que incorpora a empolgação. Além de levantar o público, neste ano os joinvilenses conquistaram o primeiro lugar na categoria júnior de danças populares brasileiras, tornando-se heptacampeões.

Leia a matéria completa

NSC Total, 20/07/2019

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support