Em São João Batista, uma escola pública adaptou as atividades de educação física para que todos os alunos possam conviver com igualdade. A iniciativa foi motivada pela chegada de uma aluna com um distúrbio neurológico extremamente raro.

Edriely Vitória tem 4 anos e tem um distúrbio chamado Síndrome de Moebius com associações que interferem nos nervos faciais. Ela frequenta as aulas 3 vezes por semana, e os resultados tem surpreendido toda a comunidade escolar. Veja!

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support