(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Ricardo Tadeu Marcílio usa a técnica há cerca de um ano e já percebeu resultados. Ele leva violão e caixas de som para as aulas.

O professor Ricardo Tadeu Marcílio, que ensina geografia em uma escola pública de Palmas, resolveu inovar ao ensinar o conteúdo aos estudantes. Ele usa músicas que tratam de temas ligados a disciplina para gerar debates e introduzir os assuntos nas aulas. O repertório vai de Legião Urbana a Nação Zumbi, com clássicos como ‘Que País é Esse?’ e ‘A Cidade’.

Ricardo explica que a ideia surgiu de algumas pequisas que fez e do hábito de observar quais técnicas de ensino têm melhor resultado para os estudantes. “Buscando essa inovação, sempre, com o olhar de pesquisador. E trazendo as novidades para sala de aula no intuito de melhorar o ensino e a aprendizagem dos alunos”, diz ele.

Ele leva a caixa de som, um computador e o violão para a sala. A iniciativa começou há cerca de um ano. Os alunos têm entre 11 e 16 anos. Temas como política, racismo e terras quilombolas são tratados através das canções.

“É mais interessante, entendeu. Fica na cabeça. Música é uma coisa que a gente grava muito fácil, então fica mais fácil para a gente”, comenta a estudante Karlla Cristina Lopes, que está se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O diretor da escola, Osvaldo Soares, disse que o projeto está ajudando a melhorar o rendimento dos alunos. “Hoje nós somos uma das cinco melhores no rendimento na rede de Palmas. A música, a interação entre professor e aluno e comunidade faz com que a escola cresça e comecem a surgir novos talentos”, disse.

(Portal G1, 17/08/2017)

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support